gototop

Secretaria Especial da Promoção da Igualdade Racial

FacebookTwitterYoutubeFeed
banner ouvidoria novo
Quinta, 14 Novembro 2013

Saúde da População Negra

 

Posse do Comitê Técnico de Saúde da População Negra do DF

Nesta quinta-feira (14), no auditório da Secretaria de Estado de Saúde (DF), foram empossados os membros representantes do Comitê Técnico de Saúde da População Negra do Distrito Federal.

A mesa de abertura foi composta pelo Secretário da Secretaria Especial da Promoção da Igualdade Racial (SEPIR/DF), Viridiano Custódio, representando a Secretaria de Saúde do DF, a Subsecretária de Atenção Primária, Rosalina Aratani Sudo e o Subsecretário de Gestão Participativa, José Bonifácio.

O Comitê Técnico de Saúde da População Negra é resultado do Decreto nº 34.23, de 14 de março de 2013, publicado no DODF nº 54, de 15/03/13, instituído pela portaria nº 43, de 06 de março de 2013, da Secretaria de Estado de Saúde do DF.

Seu objetivo é articular programas, projetos e ações desenvolvidas pelo Ministério da Saúde e demais órgãos e setores relacionados, para contribuir com sugestões de melhorias nos investimentos, além de atividades preventivas e contínuas nas políticas de saúde voltadas à população negra.

Sua formação é composta por 12 membros, sendo dois representantes efetivos da SEPIR/DF, Paulo Dantas, Cláudia Maria dos S. Ferreira, quatro membros titulares da Secretaria de Estado de Saúde/SES, Alessandra Pereira da Silva, Mauro Adil Pereira Alvim, Alissandra Alves Rodrigues, Izabel Dias Quirino e mais quatro pessoas da sociedade civil, Omowalê Martins Inocêncio (CERNEGRO), Francisco Virgíneo da Silva (Federação de Umbanda e Candomblé), Elvis Silva Magalhães (ABRADFAL), Jonatas Pereira da Conceição (Associação Vila dos Sonhos), além de dois pesquisadores, Maria Silvéria Santos (Universidade de Brasília – PVB/UnB) e René Marc da Costa Silva (UNICEUB).

Em discurso, o secretário da SEPIR/DF, Viridiano Custódio destacou, “na política universal, a população negra está distante de ter atenção voltada para a suas necessidades, como exemplo, no caso da doença Falciforme, que atinge principalmente os negros, quase não há interesse de investimentos para pesquisa, as pessoas com Doença Falciforme sobrevivem sem nenhuma perspectiva de melhorias no seu tratamento. No Brasil, o sistema capitalista forma profissionais para atender em clínicas particulares, diferente de Cuba que investe no coletivo, por este motivo, estamos trazendo médicos de lá para atuarem em nosso país. Precisamos entrar no Sistema Único para fortalecer nossa luta em defesa da saúde da população negra. O governo do ex – presidente, Luís Inácio Lula da Silva e atual Presidente da República, Dilma Rousseff e, na esfera distrital, o governador, Agnelo Queiroz têm dado apoio para fomentar a saúde pública no Brasil. Desde que assumimos a SEPIR/DF priorizamos a promoção da saúde e lutamos para a implantação e implementação do Comitê Técnico de Saúde da População Negra, hoje estamos felizes, pois estamos colhendo o fruto do nosso trabalho”.

Outra ação da SEPIR/DF em auxílio à saúde da população negra é cadastramento das pessoas com Doença Falciforme. A iniciativa tem como foco identificar quem são, onde estão e quantas são as pessoas com doença falciforme no DF. Para a realização desse trabalho a SEPIR/DF fez parcerias com a Universidade de Brasília-UNB, a Associação Brasiliense de Pessoas com Doença Falciforme – ABRADFAL e o Hemocentro de Brasília.

 

VOCÊ ESTÁ AQUI: Início Notícias Saúde da População Negra